Por todos os caminhos que eu possa atravessar

IMG_2057-1Sinto que o mundo têm muito mais a oferecer do que eu sou capaz de aproveitar. Não faz muito tempo que atravessei mares e terras em direção a um lugar que nunca havia imaginado um dia pôr os meus pés. Um lugar por onde mulheres de biquini se sentam ao lado de mulheres emburcadas mas onde todos parecem sorrir. Um lugar sem muito trânsito, sem muitos prédios mas que os poucos existentes parecem demasiados naquele curto espaço entre montanhas rochosas e o mar que ainda separa muitas guerras. Um lugar onde todos parecem andar de carro por talvez terem perdido o prazer de caminhar e permitir ao olhar de se perder entre as paisagens. Um lugar onde tudo o quê é impossível se edifica diante das câmeras pois o mundo precisa saber que ali é o lugar onde tudo se torna real, apesar de artificial. 

Lugar desértico de muita areia e poucas cores, mas de águas tão verdes como esmeraldas que nenhuma pedra é capaz de portar em si tanta preciosidade.Lugar de taxistas quase desonestos, mas de gente hospitaleira, de mulheres sorridentes por detrás de seus lenços e homens de capa preta. Lugar de gente de pele morena, olhares profundos que à tudo observam e à todos analisam. Lugar de muitos turistas e muita alienação. Nunca entendi porque algumas pessoas atravessam meio mundo para ficarem na piscina e fazerem compras. Lugar de sol quente e noite fria, ventosa e de poucas estrelas… mas com uma lua que à qualquer alma ilumina. Um lugar entre tantos lugares mas com a sua própria magia.

Tudo parece tão pequeno quanto se contempla a imensidão da vida.

Não importa há quanto tempo foi que vi universos se encontrarem, e quase se chocarem, ainda me faltará muito tempo para conseguir compreender tudo o quê vi, vivi e ainda não absorvi… de acalmar o turbilhão que aqueles poucos dias foram capazes de fazer aparecer. Ainda me falta muito para respeitar a imensidão da alma humana. Enquanto isso contemplo, e observo! Continuo observando quantas coisas desnecessárias carrego para lá e para cá; além dos excessos de peso na mala, excessos de preocupações na mente, excesso de responsabilidades no corpo e excesso de culpas e frustrações na alma. Observo pessoas e percebo também o peso em seus olhares. As pernas não avançam mais em sentido de qualquer futuro, seguem pelo vazio de um futuro qualquer. Assim, aos poucos e bem sutilmente, a pele enrugada vai mostrando o quanto os sonhos também podem definhar.

Posso não saber para aonde vou, posso nunca pensar em como ir, mas como mágica da vida continuo sempre indo. Sigo com a certeza de que esta é a única coisa que posso fazer, mesmo podendo ter outras opções talvez melhores. tenha medo e siga em frente!O medo nunca vai desaparecer, esse é o preço que se paga por buscar construir a vida que deseja. Continue caminhando por onde faça sentido, mesmo que seja um caminho de muitos riscos porque o saber só pode ser transmitido de forma poética e é muito fácil se acostumar com a mediocridade. Ajo muito mais por impulso do que qualquer outra coisa porque a minha poesia está em toda a tempestade que sou capaz de enfrentar, nem que muitas vezes eu tenha de criá-la para ser em poesia.

Eu luto para continuar seguindo em frente. Não luto por um outro. Luto por mim mesma. Só posso lutar por mim e pelo o quê acredito. Há muitos sorrisos escondendo muitas dores e percebo que não consigo fazer tudo o quê gostaria. Não porque faço de menos, mas principalmente porque sempre quero demais. Quero tanto que me divido em muitas e dividida estando, serei sempre em partes. Mas continuo sempre em frente, porque : quando fazemos uma escolha passamos a ter pelo o quê lutar!

Anúncios

Um comentário sobre “Por todos os caminhos que eu possa atravessar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s